Translate

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Tribulação:


O Período da Tribulação:

16 A Primeira Metade da Tribulação :

(Aparição do Anticrito e o Falso Profeta - Marca da Besta))

17 O Julgamento dos Selos
18 O Julgamento das Trombetas

19 A Segunda Metade da Tribulação

(marca da Besta Ogrigatória)

20 A Destruição da Babilônia

21 O Julgamento das Taças

22 O Aparecimento Glorioso de Cristo:

.ANTROPOLOGIA


ANTROPOLOGIA:

O Homem Originou-se do Macaco?

Não. O homem foi criado por Deus (Gn 1.27). Segundo a Teoria Evolucionista, desenvolvida e defendida pelo naturalista inglês Charles Robert Darwin (1809-1882) em seu livro "A Origem das Espécies", a vida universal originou-se inteiramente da matéria inorgânica ou, pelo menos, de algum germe primitivo". Em outras palavras: bilhões de anos atrás o homem era um fragmento de pedra ou uma bactéria. Foi evoluindo, evoluindo, passou por cobra, sapo, lagarto, chegou a macaco e se transformou num ser humano. Quem acredita em reencarnação e procura saber de suas vidas passadas poderá ter surpresas desagradáveis, como, por exemplo, descobrir que foi um tijolo ou um jacaré. Em oposição a esse absurdo, existe a Teoria Criacionista que, de acordo com as Sagradas Escrituras, diz que o homem é criação divina.

Estágios do Barro


Os Dez Estágios do “Barro nas mãos do Oleiro''

Levanta-te e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras.
E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas.
Como o vaso que ele fazia de barro se quebrou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer. (Jr. 18:1-4)

Introdução.

Esta é a palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor: “Vá à casa do oleiro, e ali você ouvirá a minha mensagem”. Então fui à casa do oleiro, e o vi trabalhando com a roda.
Mas o vaso de barro que ele estava formando estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com sua vontade. ( Jr. 18:1-4 )


Oleiro - que trabalha em olaria, lugar onde se trabalha com o barro que é manuseado e transformados em peças e utensílios, tais como: Tijolo, Telha, Panela, Pote, Jarro e Vaso.

Todo esse material do inicio ao fim tem contato com as mãos do oleiro, sendo moldado até chegar ao fogo.
Todos nós, como instrumentos de Deus necessariamente passaremos pelo fogo, para que todo a impureza, sujeira seja eliminada de nossas vidas até alcançarmos o ponto que deseja o Oleiro (Deus), pois a qualquer momento Ele precisa de nós ( II Co. 4:7-8 ).
Até esse momento chegar já passaremos por alguns estágios, eu enumerei dez, conforme descrevo a seguir:

Ø Primeiro Estágio - O Oleiro pega o barro bruto no campo e conduz até a oleria ( At. 26:18 ).

Ø Segundo Estágio – O barro é peneirado quando lhe é extraído toda sujeira, toda impureza. ( I Co. 6:11 )

Ø Terceiro Estágio – O barro é molhado e amassado com os pés ou as mãos, depois é colocado em um lugar úmido, por um tempo ( Rm. 12:12 )

Ø Quarto Estágio - O barro é trazido para a mesa de trabalho, onde o oleiro decidirá o que vai fazer dele. Telha, tijolo, panela, pote, vaso. (Rm. 9:14-18).

Ø Quinto Estágio – Tendo decidido o que fazer, o oleiro iniciará o trabalho. Sendo, vaso, pote ou panela, o barro vai para a roda, onde as próprias mãos do oleiro o moldarão do principio ao fim, sendo esse barro apropriado para tal, pois não é qualquer barro que serve para esses utensílios. O oleiro ainda pode, se quiser, fazer do pote jarro ou vice versa ( Ef. 4:11 ).

Ø Sexto Estágio – Se o barro é próprio para telha, ou tijolo, ele vai passar por uma fôrma com molde de telha e de tijolo, onde também as mãos do oleiro trabalharão. Moldados, assim como o vaso, a panela e o pote, aguardarão um tempo antes de ir para o FOGO. ( Rm. 12:2 ).

Ø Sétimo Estágio – Seja o que for, qualquer uma dessas peças: Telha, tijolo, jarro, panela ou pote, após o tempo de espera, irão para um forno com alta temperatura por um bom tempo ( Is. 48:10 ).

Ø Oitavo Estágio – Abertura do forno, onde o oleiro pessoalmente olhará cada peça gerada pela sua própria mão, para ver como elas se saíram na fornalha. Algumas peças não poderão ser usadas como gostaria o oleiro. Infelizmente elas não agüentaram o fogo, algumas quebraram, trincaram, outras queimaram ( I Co. 3:13-15 ).

Ø Nono Estágio – As peças serão selecionadas e enviadas a cumprirem o seu destino, segundo determinou o oleiro quando ainda eram barro. ( Nm. 13:2 – Jz. 6:14 – Mt. 10:16 – Jo. 20:21 – Mc. 3:14 ).

Ø Décimo Estágio – O projeto para cada um.

· Tijolo - Será peça de sustentação, divisão de espaço, proteção contra tempestades. ( poderá também ser pedra de tropeço )
· Telha – Será uma peça de proteção contra sol , chuva e outras intempéries.
· Panela – Preparará alimento para sustentação da vida.
· Pote – Conservará a água fresca para saciar a sede.
· Jarro – Poderá ser utilizado para carregar água, ou será depósito de flores em uma bela sala.
· Vaso – Poderá ser colocado em diversos locais, com variadas utilidades honrosas.

Conclusão.

O Senhor mata e preserva a vida; Ele faz descer à sepultura e dela resgata.
O Senhor é quem dá pobreza e riqueza; Ele humilha e exalta.
Levanta do pó o necessitado e do monte de cinza ergue o pobre, Ele o faz sentar-se com príncipes e lhes dar lugar de honra. ( I Sm. 2:6-8 ).

Deus é soberano, Ele é quem determina.
Você foi chamado para ser vaso, aja como tal;
Você é telha, aja como tal;
Se você é panela, pote, jarro ou vaso proceda como tal.
Uma conclusão é exata: Se você realmente é escolhido, uma dessas peças é você.
Se comporte como tal.
Seja exemplo como naquilo para o qual você foi chamado. ( II Co. 4:7-9 ).

Não podemos esquecer, ou passamos pelo fogo agora para ter as impurezas consumidas, ou teremos que viver eternamente no fogo eterno.
Deus seja Louvado!!

Olha o Pato !!!


Olha o Pato !!!

Era uma vez um pequeno rapaz que estava de visita a casa de seus avós. No quintal ele brincava com um estilingue e tentava acertar nos seus alvos, mas nunca conseguia. Quando ficou desmotivado, desistiu e voltou para casa para jantar.
À medida que se aproximava da casa, viu um patinho de estimação da sua avó. Num impulso, ele pegou o seu estilingue e acertou no pato, matando-o.
Ele ficou chocado e pesaroso. Escondeu o pato num cantinho, uma vez que apenas a sua irmã o tinha visto. Maria, a sua irmã, tendo visto tudo não contou nada a ninguém.
Depois do jantar, a avó disse Maria, ajuda-me a lavar os pratos. Mas a Maria argumentou: Avó, o Joãozinho disse-me que queria ajudar na lavagem hoje.
Em seguida, murmurou ao seu irmão.
- 'Olha o pato !!!'.
Assim, a Maria foi pescar e o Joãozinho ficou na cozinha a ajudar. Na manhã, eles queriam ir pescar, mas a avó disse é pena, mas preciso que a Maria me ajude a fazer o almoço.
Aí, Maria sorriu e disse: Ora, não faz mal, porque o Joãozinho disse que queria ser ele a fazer!. Virou-se para o seu irmão e murmurou outra vez:
- 'Olha o pato !!!'.
E lá foi ela brincar no lago e o Joãozinho ficou na cozinha. Depois de uma série de dias fazendo as suas tarefas e as de Maria, o João já não conseguia mais.
Chegou-se ao pé da avó e confessou que tinha matado o pato. A avó ajoelhou-se, deu-lhe um abraço e disse Querido, eu sei! Eu estava na janela quando tu acertaste nele. Eu vi tudo. Mas eu amo-te e te perdôo. Estava só vendo até quando iria deixar que a Maria fizesse de ti seu escravo.
O que quer que tenha acontecido no nosso passado, o que quer que Satanás continue a atirar-nos à cara, lembre-se.
- 'O Senhor estava na janela e ele viu tudo'.
Ele estava só esperando até quando íamos deixar que Satanás fizesse de nós seus escravos.
A melhor coisa sobre o Senhor é que ele não só perdoa como também esquece.
'' Pois tu, Senhor, {és} bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para com todos os que te invocam.''. (Sl 86:5)

Feitiçaria Chique


Seduzidos Pela Feitiçaria Chique

"Amado, não imites o que é mau, senão o que é bom. Aquele que pratica o bem procede de Deus; aquele que pratica o mal jamais viu a Deus" (3 João 11).

Fiquei sabendo de uma festa de aniversário de uma pré-adolescente, filha de um grã-fino da alta sociedade inglesa, em que o tema foi "a feitiçaria". "Chique, não é mesmo?", sentenciavam alguns convidados.

Fiquei curioso e li mais sobre a matéria: muitos estavam fantasiados de personagens de vários seriados de TV, que defendem a bruxaria, outros de monstros e, claro, de Harry Potter e sua turma. Era tudo em um estilo elegante e havia até "zumbis". Não, não, a festa não ocorreu em uma santería cubana, nem em um terreiro de candomblé brasileiro e, tampouco, em uma casa de vodu haitiano. Esse fetichismo infantil foi realizado em uma casa luxuosa em Londres, com direito até a manobrista à porta para estacionar os carrões dos figurões que traziam seus filhos.

Hoje em dia, os feiticeiros estão presentes em inúmeros lugares: fantasiados nas ladeiras da cidade de Olinda durante o carnaval, nas telinhas das TVs e nos protestos globalizados pela paz mundial. Eles estão lá... muitas vezes tímidos freqüentadores de covens (grupos de pessoas que estudam e praticam a bruxaria) em sítios distantes dos centros urbanos. Outras vezes, exibidos e provocando aqueles que passam ao largo (com a mesma desenvoltura das prostitutas do "Bairro da Luz Vermelha", em Amsterdã).


A visibilidade deles se traduz como um novo status social – o da "feitiçaria chique"!

Em nossos dias, fetiches marcam culturalmente a identidade dos nossos adolescentes, mas afetam também suas vidas espirituais em pelo menos dois aspectos:

1. Familiarizando-se com o paganismo
Nossos adolescentes passaram a ser indiretamente apresentados ao ocultismo. Por exemplo, no livro e no filme Harry Potter e A Pedra Filosofal, aparece um cachorrão de três cabeças chamado "Fofo", que protege a entrada de uma câmara onde está contida a pedra filosofal. Qualquer um pode até presentear crianças com esse "Fofo" – ele está à venda, em pelúcia, em várias lojas nos shopping centers. As crianças podem levá-lo para casa e até dormir com ele nas suas próprias camas.

Coincidência ou não, na mitologia grega somos apresentados a "Cerberus", também um cachorrão de três cabeças que protege a entrada do Hades. Ambos, "Fofo" e "Cerberus", ficam calmos ao som de música. Nossos adolescentes, quando estudarem sobre "Cerberus", na mitologia grega, vão se lembrar do "Fofo" de Harry Potter. "Cerberus", porém, mata pessoas e não é, de forma alguma, uma criatura agradável. Chique? Claro que não. Tenebroso? Sim senhor!

A Bíblia nos adverte sobre o perigo de confundir o que é reto e luminoso com o que é perverso e escuro: "Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!" (Isaías 5.20).

2. Criando fantasias pagãs no imaginário das adolescentes
A cultura adolescente está sendo bombardeada pela bruxaria. Antes mesmo de surgir Harry Potter, elas já podiam assistir o filme Jovens Bruxas (1996). Ele tratava de jovens bruxas colegiais que acabam brigando entre si – é a "boa" contra a "má" bruxaria. Segundo a Bíblia, porém, bruxaria é sempre bruxaria, independente de ser "boa" ou "má", e é algo que devemos evitar.

Se a adolescente possui televisão a cabo, aí mesmo é que ela pode ser influenciada ou iniciada diariamente na feitiçaria e no modo de vida da wicca (nome moderno da bruxaria). Há vários seriados onde as heroínas são bruxas adolescentes bonitas e agradáveis: Sabrina, Aprendiz de Feiticeira; Charmed; Buffy, a Caça-Vampiros, entre outros.

"Ser bruxa é chique e legal", fantasiam nossas adolescentes após assistirem tais seriados. Muitas vezes querem imitá-las, procuram mudar de identidade para serem mais aceitas pela sua turma, entusiasmam-se e passam a ler mais e a estudar com afinco sobre a wicca. Ninguém precisa mais caçar bruxas, elas estão na nossa vizinhança e, às vezes, na nossa própria família. Muitas crianças estão cegas e sendo iniciadas prematuramente no paganismo através de filmes, jogos, modas, TV, internet e muitos livros de incentivo à bruxaria.

Conclusão
Satanás é um vampiro da psique humana. Ele nos seduz, ilude e depois mata. Na Bíblia Sagrada, feitiçaria é uma espiritualidade associada às obras da carne e jamais à vida no Espírito. Lemos: "não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam" (Gálatas 5.20-21).

Portanto, é das mentes dos nossos adolescentes que o inimigo quer se apossar. O Diabo quer desestabilizar a lucidez espiritual dos nossos jovens e plantar nas mentes mais frágeis o interesse, ainda que aparentemente ingênuo, pela "chiquérrima" espiritualidade wiccana.

Assim sendo, cientes de que nossos filhos podem estar sendo indiretamente aprendizes de feiticeiros e que estamos vendo uma nova geração de cananeus chiques surgindo no planeta, não temos tempo a perder!

Inculquemos nas nossas mentes e nas dos nossos filhos o amor genuíno por Deus e, "finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe os vosso pensamento" (Filipenses 4.

Confira Também:

GRATIDÃO

“Até aqui nos ajudou o SENHOR.” 1 Samuel 7:12b O agradecimento é o minimo que todo homem pode fazer pois a Gratidão é o reconhecimento p...